Medicina do Trabalho no Belenzinho - Belem Saúde
Tag

Medicina do Trabalho no Belenzinho - Belem Saúde

contribuir com o fevereiro laranja

Fevereiro laranja: o mês de combate à leucemia

By | blog | No Comments

Em nosso artigo anterior falamos a respeito do Fevereiro Roxo e seus objetivos. Mas você sabia que a cor laranja também é destaque ao trazer a campanha de combate à leucemia? Para saber mais sobre essa conscientização continue lendo o texto a seguir:

Aspectos da leucemia

A leucemia é um tipo de câncer maligno que tem origem na medula óssea (onde as células de sangue são formadas). Logo, os glóbulos brancos (também chamados de leucócitos) são afetados e descontroladamente passam a se reproduzir, dando início aos primeiros sinais da doença.

Os sintomas se manifestam de formas variadas. A produção de glóbulos brancos, glóbulos vermelhos e plaquetas prejudicadas podem refletir em uma série de malefícios. Entre os mais comuns estão:

  • Anemia;
  • Dor nas articulações e ossos;
  • Sono em excesso;
  • Palidez;
  • Fadiga;
  • Sangramentos no nariz e na gengiva;
  • Pontos vermelhos ou manchas roxas na pele
  • Perda de peso sem explicação;
  • Febre e suor durante a noite;
  • Desconforto abdominal;
  • Inchaços

Ao desconfiar que possa estar com leucemia, a pessoa deve passar por uma avaliação médica onde será realizada a coleta de medula óssea para exames específicos. Caso o resultado seja positivo, o profissional irá indicar o tratamento adequado que inclui quimioterapia, medicação para controlar as infecções, amenizar as hemorragias e em algumas situações o transplante de medula óssea. Vale destacar que o processo precisa ser começado imediatamente após a descoberta.

Sendo assim, a campanha Fevereiro Laranja tem como objetivo não só alertar sobre a prevenção da leucemia, mas também abordar a importância da doação de medula óssea, já que o tratamento pode incluir o transplante.

Tipos de leucemia

  • Leucemia linfoide crônica: prejudica as células linfoides e se desenvolve lentamente. Raramente afeta crianças. A maioria das vítimas possui mais de 55 anos;
  • Leucemia mieloide crônica: Se desenvolve vagorosamente em seu estágio inicial, afetando principalmente os adultos;
  • Leucemia linfoide aguda: afeta as linfoides, mas diferente da crônica, agrava-se rapidamente. Comum em adultos e crianças pequenas;
  • Leucemia mieloide aguda: Tanto adultos quanto crianças são afetadas. Desenrola-se com agilidade.

Como ser um doador e qual o procedimento do transplante?

Infelizmente, são poucos os necessitados que conseguem encontrar um doador compatível. Contudo, dados mostram que no Brasil, por exemplo, há mais de 3 milhões de pessoas cadastradas no Redome (Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea).

Para ser um doador é preciso se encaixar em alguns requisitos a começar pela idade. Para realizar o cadastro o indivíduo deve ter entre 18 e 55 anos (podendo ser chamado até os 60), além de não poder ter nenhuma doença infecciosa ou específica do sangue.

A pessoa que deseja ser um doador deve comparecer ao hemocentro de sua cidade e fazer o cadastro com dados pessoais e a coleta de sangue para os testes genéticos. É importante lembrar que para ser encontrado, esse cadastro tem que se manter atualizado, pois o voluntário pode ser chamado em 5, 10 ou 15 anos.

Uma vez que a saúde do doador é comprovada, ele é internado e pode passar por dois procedimentos: por pulsão ou aférese. O primeiro a retirada é feita através do osso da bacia com uma agulha. Enquanto o segundo acontece por meio de medicação, onde as células sadias se proliferam e a doação é realizada normalmente como uma doação de sangue.

A doação de medula óssea é um gesto de amor à todas as vidas que estão esperando pela oportunidade de um transplante. Seja um salvador de vidas, seja um doador.

conheça o fevereiro roxo

Fevereiro roxo: entenda sobre essa conscientização

By | blog | No Comments

No artigo anterior falamos a respeito do Janeiro Branco, onde muitas pessoas ficaram surpresas ao saber que além do Outubro Rosa e o Novembro Azul, várias outras representações surgiram para conscientização de doenças. Contudo, a grande maioria ainda não é tão falada pela mídia. Bom, esse é o momento de apresentá-lo ao Fevereiro Roxo. Quer saber mais a respeito dessa importante campanha? Então vamos lá.

O que o fevereiro roxo representa?

Criado em 2014, na cidade de Uberlândia (Minas Gerais), o Fevereiro Roxo é o mês de falar a respeito do Lúpus, da Fibromialgia e do Alzheimer. Trata-se de doenças que embora apresentem condições diferentes entre si, são graves, incuráveis e poderiam ser tratadas com mais facilidade se descobertas em um estágio inicial.

Se identificadas no início, as chances de controlar ou retardar os sintomas de maneira eficaz, certamente são maiores. Vale ressaltar que ambas as doenças possuem sinais inicias relativamente inofensivos. Portanto, o Fevereiro Roxo tem o intuito de incentivar o diagnóstico precoce a partir do lema: “se não houver cura, que ao menos haja conforto”.

Em que consiste o Lúpus?

Talvez você já tenha ouvido falar sobre o Lúpus, que foi um assunto recorrente nos meios de comunicação quando duas artistas internacionais (Lady Gaga e Selena Gomez) revelaram sofrer com a doença. Inclusive, a primeira mostrou alguns aspectos do Lúpus em seu documentário “Five Foot Two”.

O Lúpus é autoimune, porém, pouco se sabe sua origem, mas ela pode causar dores extremamente fortes à vítima. O que faz com que o tratamento adequado para esse tipo de doença seja indispensável para amenizar o sofrimento e aumentar a qualidade de vida.

Já o Lúpus Discóide é um pouco menos devastador, visto que afeta somente a pele. Essa versão causa vermelhidões em locais como a nuca, o rosto e o couro cabeludo.

O que é Fibromialgia?

A Fibromialgia é uma síndrome geralmente originada de fatores genéticos. Seus portadores são em maioria mulheres entre 30 e 60 anos de idade, mas não anula a chance desse inconveniente surgir durante a infância ou adolescência. Além disso, entre seus principais sintomas estão: dores no corpo, formigamento nos pés e nas mãos, fadiga, problemas com o sono e dificuldades cognitivas como perda de memória, por exemplo.

Infelizmente, a fibromialgia é caracterizada por causar cores constantes e que duram cerca de três meses a cada vez que resolve se manifestar. Por fim, é importante destacar que em casos extremos, a fibromialgia pode levar a quadros de depressão.

Quais os principais sintomas do Alzheimer?

Quem tem um familiar idoso deve ficar atento aos sintomas do Alzheimer, pois como todos sabem, ele está ligado à idade avançada e pode aparecer a qualquer momento, gerando problemas na fala e na memória. A pessoa com Alzheimer consegue se lembrar de fatos que aconteceram há muitos anos, mas esquece de coisas que acabaram de acontecer, misturando fatos do passado com o presente.

É muito triste, pois podem perder a consciência de quem é seus filhos, netos, entre outras pessoas próximas. Dessa forma, a capacidade de convívio social e aprendizado ficam seriamente afetados. Podemos associar o paciente como um bebê, que depende de ajuda para realizar as tarefas do dia-a-dia.

Mesmo que o Alzheimer não tenha cura, se identificado logo no início, algumas medidas podem ser tomadas para retardar efeitos mais graves. Por exemplo: tratamentos terapêuticos e medicamentos controlados.

Gostou de saber sobre o Fevereiro Roxo? Fique ligado no próximo post da Belém Saúde, onde falaremos sobre o Fevereiro Laranja – conscientização do tipo mais comum de câncer: a leucemia. Um recado muito importante que gostaríamos de dar a você leitor é: entender as questões relacionadas a doenças que não tem cura é tão importante para a sua saúde, quanto para conscientizar quem você conhece. Ninguém está imune a passar por esses obstáculos, amanhã pode ser você ou alguém bem próximo. E que estejamos juntos para vencer essa batalha!

Medicina do Trabalho no Belenzinho

By | Informações | No Comments

Medicina do Trabalho no Belenzinho

Não perca mais tempo e conte com a Belém Saúde e o serviço de Medicina no Trabalho no Belenzinho. Teremos o maior prazer em lhe atender e oferecer o que há de melhor no mercado.

Buscamos sempre oferecer o que há de melhor, por isso, buscamos sempre nos mantermos atualizados e por dentro de novidades que possam agregar em nossa empresa, para que continuemos a oferecer o melhor em Medicina no Trabalho em São Paulo.

Então não perca tempo e venha para a Belém Saúde. Aqui você encontrará o melhor em Medicina no Trabalho em São Paulo.

 

Contato