clínica de saúde - Belem Saúde
Tag

clínica de saúde - Belem Saúde

doação de órgãos são paulo

Setembro Verde enfatiza a importância da doação de órgãos

By | blog | No Comments

O dia 27 de setembro é marcado pelo Dia Nacional da Doação de Órgãos, e por essa razão, este é o mês escolhido para conscientizar a população sobre a importância de ser um doador. Entidades como o Ministério da Saúde e algumas ONGs promovem ações anuais para lembrar que, apenas no Brasil, há em torno de 40 mil pessoas aguardando por um transplante. Saiba mais sobre o Setembro Verde no texto a seguir:

Brasil: maior número de transplantes realizados no mundo

Embora a quantidade de pessoas esperando por uma doação de órgãos seja alta, o Brasil está entre os países com maior número de transplantes realizados no mundo. No primeiro semestre de 2017, por exemplo, o aumento de doares foi de 15%. Contudo, para suprir a necessidade de todos que esperam por ajuda, a conscientização precisa se espalhar.

Como funciona a doação de órgãos? Quem pode doar?

Primeiramente vale ressaltar que muitos indivíduos deixam de doar por não entender sobre o assunto e, consequentemente, ter receio de que este não seja um método seguro, por isso é fundamental entender como funciona o processo de doação de órgãos.

O procedimento cirúrgico pode ser feito tanto com o doador em vida, quanto após o falecimento, com exceção de pessoas sem identidade, portadores de doenças transmissíveis, câncer generalizado e infecções graves. Menos de 21 anos precisam da autorização de um responsável.

No caso da pessoa estar viva, ela pode doar desde que não prejudique sua própria saúde. Entre a doação de órgãos que podem ser doados estão:

  • Um dos rins;
  • Parte do fígado;
  • Parte do pulmão;
  • Parte da medula óssea.

Conforme a lei, cônjuges e parentes até quarto grau tem o direito de serem doadores, caso contrário, é necessário solicitar autorização da justiça. Por outro lado, quando se trata de um doador falecido, são pacientes com morte encefálica. Após a parada cardiorrespiratória pode ser feita a doação de tecidos como:

  • Córnea;
  • Pele;
  • Musculoesquelético.

Porém, a família deve autorizar essa doação. Sendo assim, se seu desejo é ser um doador, é importante informar seus familiares para que sua vontade seja respeitada. O receptor por sua vez, será sempre indicado pela Central de Transplantes de acordo com a urgência e critérios de compatibilidade.

Quanto tempo dura os procedimentos de doação de órgãos (isquemia)?

  • Fígaro (12 horas);
  • Pâncreas (12 horas);
  • Rim (48 horas);
  • Coração (4 horas);
  • Pulmão (4 a 6 horas).

Agora que você já sabe mais a respeito de como funciona a doação de órgãos e qual sua importante, participe desse ato de amor ao próximo e seja um doar, ajude a salvar vidas.

Aproveite e leia também: Campanha Setembro Amarelo

medicina do trabalho para minha empresa

Medicina do trabalho: por que ela é fundamental para sua empresa?

By | blog | No Comments

A medicina do trabalho é essencial para qualquer empresa, independente do porte ou segmento, pois é uma grande aliada de gestores que priorizam a própria segurança e a de terceiros. Pode ser que ao ouvir esse termo, algumas dúvidas venham à tona.

Embora por um lado, inúmeras empresas já enxerguem a medicina do trabalho como parceira, muitos ainda não dão a devida atenção para esse assunto. Pensando nisso, criamos esse artigo para conscientizar os empreendedores sobre os motivos para aderir ao serviço.

Quer saber mais a respeito do assunto? Não se preocupe, continue com a gente que te contaremos tudo. Aqui, separamos as principais questões abordadas pelo público.

A Medicina do Trabalho é obrigatória?

Antes de tudo, é importante destacar que a medicina do trabalho é obrigatória para qualquer pessoa que esteja registrada na carteira de trabalho, pois faz parte das normas regulamentadoras do Ministério do Trabalho e Emprego. É a NR que irá ditar o funcionamento da medicina do trabalho na sua empresa. Elas são muitas, mas variam de acordo com o segmento do local. Os exames médicos são obrigatórios e regulamentados pela Portaria nº 3214, desde 8 de junho de 1978.

Afinal, do que se trata a Medicina do Trabalho?

A medicina do trabalho é uma especialidade médica responsável por garantir a saúde e bem-estar dos colaboradores em suas atividades, garantindo melhor qualidade de vida, por meio de medidas preventivas para evitar doenças e acidentes no ambiente profissional.  Entre elas, doenças ocupacionais e o controle de riscos ambientais.

Quais são os exames realizados pela Medicina do Trabalho?

Os mais conhecidos são os admissionais (na contratação de um funcionário) e demissionais (no desligamento do funcionário da empresa). Os dois servem para analisar se houve alguma alteração na saúde do trabalhador durante o tempo que atuou no local.

O que acontece com quem descumprir a lei?

Vale ressaltar que as penas são sérias. A empresa que não cumprir com as normas regulamentadores será multada pelo Ministério do Trabalho, podendo encadear ações de indenização na Justiça do Trabalho ou até mesmo responder criminalmente por doenças ocupacionais, crime que leva à prisão. E não é só isso, em meio a esses danos, você corre o risco de ter o nome da sua empresa sujo e mal visto.

Quem realiza a Medicina do Trabalho?           

O médico do trabalho. O profissional especializado pode atuar em diversas áreas. Redes públicas, órgãos de normalização e fiscalização, previdência social, consultoria privada, pesquisas investigativas de campo relacionadas a saúde e trabalho, assessoria de sindicatos, na formação de profissionais, perito judicial e em empresas como empregado de serviços voltados à Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho.

O que é preciso para atuar no ramo?

Para provar que está apto para exercer essa função, o médico deve ter um certificado de residência médica reconhecido pela Comissão Nacional da Residência Médica do Ministério da Educação e que comprove ser experiente na área. Além disso, ele deve ter o mínimo de conhecimento das atividades realizadas pelos funcionários, para assim planejar ações efetivas.

Como saber se o médico do Trabalho é qualificado?

Um profissional qualificado se preocupa em atuar em procedimentos básicos como realizar avaliações clínicas e laboratoriais, solicitar exames exigidos pela legislação, reconhecer sintomas e fontes de exposição de cargos distintos, conhecer ferramentas e métodos para solucionar condutas adequadas de acordo com as necessidades individuais, realizar atendimento médico de urgência, saber diagnosticar doenças e indicar o melhor tratamento, alertar potenciais tóxicos, indicar meios de lidar com situações que podem colocar a vida do trabalhador em risco, extrair informações sobre mortalidade, morbidade, etc.

De quanto em quanto tempo os exames devem ser realizados?

Os exames periódicos podem ser realizados anualmente, semestralmente ou de dois em dois anos.

Anuais

Os que são feitos uma vez por ano visam avaliar pessoas com menos de 18 ou mais de 45 anos, checando a condição de saúde de funcionários com doenças crônicas e que estão expostos a fatores de risco, adquiriram alguma doença ocupacional no decorrer do tempo. Caso tenham adquirido, precisam passar constantemente por exames.

Semestrais

Os semestrais tem a finalidade de acompanhar o estado de saúde do trabalhador, por meio de monitoramentos biológicos.

Bienais

Exames bienais são voltados para os funcionários com facha etária entre 18 e 45 anos e que atuam em funções que não apresentam riscos. Por esse motivo, são realizados em um espaço maior de tempo.

Quais os benefícios da Medicina do Trabalho?

Ela oferece benefícios para ambas as partes. Uma vez que o empreendedor tem colaboradores saudáveis em sua empresa, consequentemente tem colaboradores mais produtivos. Além disso, não arcar com essa despesa pode ser muito mais custoso para a empresa, que terá grandes chances de ter um funcionário afastado por problemas de saúde ou até mesmo responder  na justiça por não ter dado o suporte adequado ao trabalhador.

Como encontrar uma empresa qualificada para contratar os serviços da Medicina do Trabalho?

O ideal é procurar sem precisar sair do conforto de sua casa. E que tal fazer uma rápida pesquisa a plataforma mais influente da rede? Isso mesmo, o Google. Encontre sites que ofereçam informações relevantes e conteúdos de qualidades aos usuários. Lembre-se de se certificar o tempo de experiência que a empresa especializada tem no ramo. Opte por empresas que tenham anos no mercado e que estejam destacadas em meio a concorrência. Normalmente, elas oferecem outros serviços como engenharia, segurança e higiene ocupacional, desenvolvendo soluções para qualquer exigência trabalhista e previdenciária. Para realizar uma Medicina do Trabalho de credibilidade, é preciso de uma equipe de profissionais capacitados e empenhados em corresponder as expectativas do consumidor.

Portanto, agora que você já sabe a importância da Medicina do Trabalho para sua empresa e como encontrar uma empresa especializada e qualificada para a função, não pense duas vezes antes de contratar o serviço. A Medicina do Trabalho além de precaver problemas legais, é um ótimo investimento para quem busca sucesso em seus negócios.

Aproveite e leia também: Exames ocupacionais: saiba por que eles são essenciais para empresas